terça-feira, janeiro 15, 2008

COTIDIANO


Todo santo dia,

O despertador me acorda

A cama me abandona

O banho me toma

A roupa me troca

O café me engole

O ônibus me pega

O engarrafamento me prende

O relógio me atrasa

O ponto me bate

O dólar me despenca

A bolsa me arrasa

A conta me cobra

O imposto me taxa

A raiva me fica

A notícia me lê

A história me conta

A vida vai me passando

E as opiniões mudam de mim...


Oldney Lopes©

2 comentários:

lari *-* disse...

oii meu nome é larissa tenho 11 anos e ja fiz dois poemas e concorri na Academia Criciumense de Letras e ganhei. Acho que você é um pelo poetico e queria te pidir que me desse uma chance tambem. se quizer falar comigo é so pelo orkut:larissa rosa
BRIGADA PELA COLABORAÇÃO ESTAREI A ESPERA

humberto becattini disse...

Parabéns Odney... Sou amigo e colega de sua filha!
Trabalhamos no "Codidiano", em saúde mental...Meu fraternal abç!

Oldney Lopes - Poeta

Minha foto
Mineiro, poeta, economiário, graduado em Letras, psicopedagogo, orientador de finanças pessoais.
Visite meu site: www.oldney.net