sexta-feira, outubro 20, 2006

PRESENÇA



PRESENÇA

Ainda sinto teu gosto em minha boca
Tenho ainda em meus olhos tua imagem
E reténs, em meu âmago, em voragem
Teus ímpetos febris de fera louca.

Ainda sinto o calor do teu suor
E tua aura provocante, nua, airosa
E a fragrância inebriante de tua rosa
Perfumando o espaço ao meu redor

Tu me invades, assim, a cada instante
E ocupas todo o sítio onde eu esteja
Meu ser se acende, o corpo te deseja

E quando tento tirar-te de mim
A mente nega, mas a alma almeja
Viver contigo essa paixão sem fim.

Oldney
foto: "Luz de Velas", de Alba Luna. Disponível em: http://www.olhares.com/luz_de_velas/foto1037226.html. Acessado em 04/02/2007.

2 comentários:

KHA disse...

Esse foi de doer, de mexer, de chorar, de se alegrar... Intenso. Demais.

Neide disse...

Quanta inspiração!!!!!Um poema lindo assim, só partido d uma sensível como você.
Adoro tudo o q faz.

Oldney Lopes - Poeta

Minha foto
Mineiro, poeta, economiário, graduado em Letras, psicopedagogo, orientador de finanças pessoais.
Visite meu site: www.oldney.net